| paint as comment with Blog as tag // as comment O as class // O Blog
Poesia & Programação. Nosso manifesto!
13 de junho às 18:02

Um poema e uma ideia

O poema

Para começar, um poema.

| paint as comment
// Women

| paint as normal with = as tag
society = we

| paint as normal with . as tag ( and ) and dress and smile and walk and be and exec as code LIKE_WOMAN as constant woman and society as class
society.exec (

woman.dress(LIKE_WOMAN)
woman.smile(LIKE_WOMAN)
woman.walk(LIKE_WOMAN)
woman.be(LIKE_WOMAN)

| paint as normal with -> as tag TECH as constant woman as class remove_from( and ) as code
woman->remove_from(TECH)

)

| paint as orange with Error as code < and > as tag
Error <7:1>: woman is not an object
Error <7:13>: LIKE_WOMAN is not a macro
Error <12:8>: remove_from is not a valid method for woman

| paint as red
General Society Fault!

| paint as normal with this as code . as tag "FOLT" as string
this.from("FOLT")

Tips para interpretação

General Protection Fault: Erro causado quando um programa acessa a memória de algum outro. Causava tela azul no Windows.

Macro: (da linguagem de programação C) é uma predefinição, construída antes do programa ser compilado.

. e ->: em C e C++, . é usado para fazer referências em um objeto, e -> em um ponteiro.

A ideia

A ideia de escrever este post surgiu quando eu estava verificando os acessos do blog, e vi o seguinte gráfico:

Acessos: Homens x Mulheres

Eu admito que esperava uma diferença bem maior, e de fato fui pego de surpresa quando percebi que a quantidade de acessos ao blog é aproximadamente de

  • 2/5 - Mulheres
  • 3/5 - Homens

Há um lado bom e um lado ruim nestas proporções. O lado bom é que apesar do nosso site ser mais tech, a diferença não é tão gritante. O lado ruim é que ainda há uma diferença, e essa diferença ainda pode ser percebida facilmente.

Um dos fatos que faz com que eu dê tanta importância a essa diferença entre quantidade de homens e mulheres, principalmente na nossa área, é o seguinte gráfico:

Mulheres em CC

A linha vermelha representa a percentagem de mulheres cursando na área de ciência da computação ao longo dos anos. Como se pode ver, essa percentagem tem decrescido de forma significativa desde 1984.

Se a quantidade de mulheres que fazem um curso de ciência da computação tem decrescido desta forma, é um bom sinal que tenhamos apenas aproximadamente 12% de diferença entre acessos por homens e acessos por mulheres no nosso blog. Mas a meta de atingir igualmente ambos os gêneros continua sendo de grande importância.

Toda esta questão revolve ao redor de um único ponto: na nossa sociedade, a computação é tradicionalmente uma área masculina. Enquanto vários outros setores vem se tornando cada vez mais equilibrados, continuamos tendo grandes problemas para conseguir esta igualdade na nossa área.

E para finalizar, uma frase da Karen Spärck Jones:

"Computing is too important to be left to men."

"A computação é importante demais para ser deixada aos homens."

Voltar para a página principal do blog.